Coordenação Científica

Apresentação

O curso de doutoramento em Didática da Matemática constitui a parte curricular do Doutoramento em Educação nesta área. O curso desenvolve-se com base em temas estreitamente articulados com as duas grandes áreas de investigação da UIDEF – Educação XXI (nomeadamente a aprendizagem e o raciocínio matemático em todos os níveis de ensino, da pré-escola ao ensino superior) e Forças de Mudança (nomeadamente a formação e o desenvolvimento profissional do professor, com especial atenção aos estudos de aula/lesson study). A frequência do curso é aconselhada a professores de Matemática ou que ensinam Matemática nos diferentes níveis de ensino e a formadores de professores desta disciplina.

Este ciclo de estudos é reconhecido, nas suas diferentes áreas de especialidade, para efeitos de contagem de tempo para progressão na carreira docente (nos termos Portaria n.º 344/2008, de 30 de abril). A presente informação não dispensa a leitura da legislação em vigor e sugere-se a consulta da página da DGAE.

Finalidades

O curso tem como objetivo proporcionar uma formação aprofundada em Didática da Matemática, incluindo uma preparação para realizar investigação e desenvolver projetos de desenvolvimento curricular, de formação de professores e de intervenção neste domínio.

O curso oferece:

  • Uma perspetiva atual e crítica sobre a Didática da Matemática;
  • Desenvolvimento de capacidades de investigação em Educação;
  • Contacto com a comunidade de investigação nacional e internacional na área;
  • Flexibilidade, sendo algumas atividades desenvolvidas em regime presencial e outras a distância.

Admissão e condições de acesso

(de acordo com Regulamento Geral para o 3.º Ciclo no Ramo de Educação)

Podem candidatar-se ao acesso ao Doutoramento em Educação:

  • Detentores do grau de Mestre em Ciências da Educação ou em Educação que pretendam aprofundar conhecimentos e desenvolver um projeto de investigação que se enquadre no tema e objetivos do curso.
  • Detentores de grau de Mestre em outras especialidades, desde que com currículo profissional e científico adequado à temática do curso.
  • A título excecional, podem ainda candidatar-se os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido pelo Instituto de Educação como atestando capacidade para a realização do doutoramento.