Coordenador

Ana Paula Caetano

Currículo e Formação de Professores

As atividades científicas do Grupo de Investigação do Currículo e da Formação de Professores caracterizam-se pela realização de pesquisas em cinco campos principais, a saber:

  • estudos sobre Currículo;
  • estudos sobre Formação de Professores e de Formadores de Professores;
  • estudos sobre Indisciplina;
  • estudos sobre Supervisão;
  • estudos sobre Mediação.

Desde o início, anos 80, os investigadores que envolveram nestas linhas de pesquisa visaram contribuir para o aumento do conhecimento científico com valor tendencialmente universal e, simultaneamente, inovar e consolidar experiências positivas em diversos domínios de intervenção, com destaque para o da formação de professores e educadores, e o da formação de quadros superiores especializados em educação e cuja atuação é hoje crescentemente reclamada em diversos outros âmbitos que não apenas o da educação escolar.

Adeptos de uma conceção ampla do profissionalismo e da profissionalidade dos professores e dos formadores, os investigadores que integram este grupo vêem estes profissionais como atores privilegiados da construção das políticas curriculares locais e da melhoria dos processos de ensino aprendizagem. Daí o facto de os projetos de investigação se distribuírem não só pelos diversos campos a cima referidos, como se focarem em todas as dimensões da ação docente: a dimensão profissional, social e ética; a dimensão do ensino e da aprendizagem; a dimensão do desenvolvimento ao longo da vida; a dimensão da participação na vida da escola e da comunidade.

Educação, Tecnologia e Sociedade

O Grupo de Investigação Educação Tecnologia e Sociedade (ETS) visa os seguintes objetivos:

a) Realizar investigação fundamental e aplicada e projetos de desenvolvimento no domínio da educação e formação em temáticas em que as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) apresentam um papel relevante relativamente aos problemas de investigação definidos;

b) Apoiar projetos de investigação conducentes a dissertações de mestrado e teses doutoramento nas linhas de investigação do ETS;

c) Apoiar a apresentação e publicação de trabalhos científicos resultantes dos projetos desenvolvidos no âmbito do ETS, divulgando os seus resultados junto da comunidade científica e dos agentes da educação e formação;

d) desenvolver estudos e atividades de assessoria a entidades públicas e privadas no domínio da utilização e integração das TIC em espaços educativos;

e) Promover o desenvolvimento de propostas de oferta formativa ao nível da pós-graduação (Especialização, Mestrado e Doutoramento) no domínio das TIC na educação e formação.

Constituem linhas de investigação do grupo ETS:

I. Aprendizagem com TIC em contextos educativos e formativos.
II. E-learning em contextos organizacionais, educativos e formativos
III. Web 2.0 e ambientes digitais emergentes: repositórios de recursos e redes sociais.
IV. Modelos instrutivos, desenvolvimento de conteúdos educativos digitais e ambientes de aprendizagem online.
V. Comunidades virtuais online: dimensão comunicativa / colaborativa e tutoria online.
VI. Desenvolvimento curricular e integração das tecnologias.
VII. Desenvolvimento profissional e competências dos professores em TIC.
VIII. Metodologias de avaliação e portefólios digitais.
IX. Tecnologias móveis em contextos educativos e formativos.
X. 21st-Century Skills, culturas digitais e aprendizagem online.
XII. Impacto de políticas públicas no domínio das TIC na educação.

Psicologia da Educação

O Grupo Psicologia da Educação visa aprofundar o conhecimento dos fenómenos educativos, à luz da Psicologia da Educação, com vista à promoção da realização em diferentes contextos educativos, tendo, como objetivo geral, envolver-se na investigação e na formação aprofundada em Psicologia da Educação, diversificando-se em três grandes linhas de investigação: desenvolvimento humano em contextos educacionais diversificados; aprendizagem em contextos educativos; e ativação da realização pessoal. Os elementos do grupo realizam investigação em áreas mais diversificadas, como o engagement, a motivação, o autoconceito, a criatividade, o rendimento escolar, o desempenho académico, a indisciplina, o bullying, a violência na escola, a cidadania, as identidades, a educação inclusiva e a educação intercultural. São realizados estudos variados, destacando-se aqui: o desenvolvimento e a aprendizagem ao logo do ciclo de vida; a sabedoria; a aprendizagem auto-regulada; a aprendizagem em estudantes universitários; a aprendizagem em sujeitos com dificuldades intelectuais e sensoriais; a construção e a adaptação de escalas de avaliação psico-educacional; a sobredotação; o papel das interações sociais em díades ou pequenos grupos, na apropriação de conhecimentos e competências em diferentes tipos de conteúdos escolares; as atitudes dos alunos em relação si próprios ao rendimento académico; e as crenças dos professores.

Pretende-se o aprofundamento e a divulgação do conhecimento e dos resultados da investigação nessas áreas e suas colaterais, sobretudo as mais situadas em contextos educativos diferenciados, em que a abordagem sob o ponto de vista da Psicologia da Educação seja relevante. A formação de profissionais dotados de meios para ativar, de forma positiva e criativa, a realidade sócio-educativa atual – bem como de todos aqueles que desejem aprofundar conhecimentos teóricos, de investigação e de intervenção psico-educacional nos diferentes contextos de vida – é um dos grandes objetivos do Grupo Psicologia da Educação.