A pesquisa desenvolvida pelo Grupo de Investigação Formação de Adultos tem por suporte fundamental as práticas e políticas da formação de jovens e adultos, através de uma perspectiva ampla dos processos educativos, considerando-se que estes ocorrem em todos os tempos e espaços de vida. Nesta linha de crítica à hegemonia da forma escolar e da educação formal, a pesquisa é predominantemente orientada para o estudo de processos de educação não formal e informal que visam a educação integral e o desenvolvimento humano – a autonomia, a participação e a emancipação -, para o estudo de práticas educativas que valorizam e reconhecem a experiência dos aprendentes e para o estudo das políticas públicas de educação e formação de adultos.

A pesquisa realizada pelo Grupo desenvolve-se em torno de três níveis de análise – macro (políticas internacionais, europeias e nacionais), meso (práticas e políticas organizacionais) e micro (dinâmicas educativas, modos de trabalho pedagógico e processos educativos vividos pelos sujeitos) -, a partir de contextos organizacionais da sociedade civil, do terceiro sector, de entidades públicas e de empresas. Do ponto vista teórico, o Grupo filia-se no conhecimento produzido no âmbito das Ciências da Educação e das Ciências Sociais e Humanas (Sociologia, Antropologia, Psicologia, Filosofia, entre outras).

O Grupo está integrado numa ampla rede de investigadores, a nível internacional e europeu, e centra a pesquisa nos seguintes domínios:

  • Educação não formal e informal;
  • Políticas públicas de educação e formação de jovens e adultos;
  • Educação e formação de jovens e adultos pouco escolarizados;
  • Formação profissional em empresas, organismos públicos e associações – políticas e práticas;
  • Emprego, inserção profissional e percursos profissionais – articulação entre educação, formação e trabalho;
  • Formação de educadores e formadores – aprendizagens profissionais e profissionalização;
  • Reconhecimento e validação de adquiridos experienciais;
  • Processos de aprendizagem, formação experiencial e percursos biográficos;
  • Narrativas biográficas e autoformação;
  • Educação popular e movimentos sociais;
  • Desenvolvimento local, intervenção comunitária e territórios;
  • Animação sociocultural.
Coordenador

Natália Alves

Doutorados

Belmiro Cabrito

Carmen Cavaco

Natália Alves

Paula Guimarães

Não Doutorados

Ana Carina Filipe Santos

Bruna da Silva Ribas

Catarina Paulos

Catarina Doutor

Hélder Faustino Raimundo

Iramaia de Araujo Lemos

Maria da Conceição Quaresma Leitão

Maria de Fátima Forreta

Rúben Manuel Amores Marreiros

Colaboradores

António José Almeida

Sandra Pratas Rodrigues