logo-hands-on-remote

Hands-On-Remote – Conducting Hands-On Student Experiments With Virtual Support at Remote Location

Investigador responsável pela equipa do IE

Pedro Reis

Equipa

Luís Tinoca

Mónica Baptista

Raimundo Etaides Freire Chaves

Resumo

Na primeira fase da pandemia, as barreiras à educação afetaram cerca de 1,5 bilhão de jovens em todo o mundo. A pandemia mostrou claramente a falta de estruturas digitais nos nossos sistemas escolares, tanto a nível técnico como a nível didático. Consequentemente, é necessário desenvolver capacidades para a aprendizagem online e híbrida, para conteúdos de alta qualidade e, em geral, para desenvolver ainda mais as competências dos alunos e professores para a aprendizagem e ensino à distância. Formatos de ensino novos e inovadores que podem ser usados em vários cenários – virtual, híbrido ou presencial – são, portanto, essenciais. O principal objetivo do projeto é melhorar as competências digitais de professores e alunos e dotar os professores da educação profissional com recursos gratuitos para que possam utilizar de forma flexível, com abordagens inovadoras e conceitos de alta qualidade.

O trabalho prático faz parte da prática geral da escola em escolas profissionais e é essencial para a aprendizagem de métodos técnicos, de TI e científicos. No entanto, devido às medidas da Covid-19, muito disso agora se tornou simplesmente impossível. É exatamente aqui que entra o nosso projeto: Queremos capacitar os professores de formação profissional para proporem aos seus alunos atividades experimentais virtuais.

Um segundo desafio da situação de pandemia é o isolamento das pessoas, portanto, a falta de uma ‘comunidade escolar’. Ao ligar experiências e alunos, é criada uma situação experimental partilhada que desperta a motivação e o interesse e promove a coesão – tanto a nível local como na Europa. Na procura de respostas para a crise da Covid-19, todas as partes beneficiam da cooperação europeia. Os parceiros do projeto cobrem toda a gama de conhecimentos necessários (experimentos práticos: DM, Copernicus; didáticos: TUM, UL; aprendizagem online: UL) e trabalharão estreitamente e estrategicamente juntos para encontrar rapidamente soluções sob medida e aplicáveis transnacionalmente. Todos os parceiros têm conexões sólidas com escolas e professores em seus respetivos países, permitindo feedback direto e divulgação efetiva.

Os professores de escolas profissionais constituem o principal público-alvo do projeto. Por meio de formações complementares com base didática, promovemos de forma abrangente as suas competências digitais. Com a formação de cerca de 40 a 60 profissionais em escolas de cada país, está garantida uma primeira disseminação dos recursos desenvolvidos. Cada país desenvolverá um conceito de ensino para uma disciplina diferente. Uma análise compacta avaliará as necessidades reais de escolas e professores para definir as principais características do programa. Os próprios professores estarão envolvidos como cocriadores de recursos. O apoio à implementação não só facilitará a aceitação por parte dos professores, mas ao mesmo tempo permitirá uma melhoria contínua da qualidade dos módulos de ensino. Para aumentar a sustentabilidade dos resultados intelectuais, os módulos de ensino serão acompanhados por instruções passo a passo que permitem a implementação independente dos conceitos. Um guia independente instruirá os professores, que foram inspirados pelo projeto, a desenvolver seus próprios conceitos e fornecer a estrutura necessária para o desenvolvimento de novas unidades. No final do projeto, teremos pelo menos três módulos de ensino experimentados e testados sobre diferentes temas, cada um em quatro línguas (DE, PL, PT, EN), que permitem uma integração fácil e direta no ensino.

O impacto desejado é fornecer às escolas, professores e, em última instância, aos alunos, oportunidades de aprendizagem de alta qualidade, mesmo em situações de pandemia. Para os professores, os efeitos desejados são aprimorar ainda mais suas competências digitais, sua autoconfiança no manuseio de tecnologias digitais e sua autoimagem como guias de aprendizagem para seus alunos. Para os alunos, o efeito visado é uma diferenciação que lhes permita aprender de acordo com as suas necessidades – com enfoque no aluno profissionalizante com destaque para o reforço do trabalho prático. Ao fazê-lo e ao fomentar o “sentimento de comunidade” nas escolas, pretendemos também promover processos de aprendizagem alegres.

Instituições Participantes

Deutsches Museum von Meisterwerken der Naturwissenschaft und Technik – Munchen, DE

Centrum Nauki Kopernik, PL

Technische Universitaet Muenchen, DE

Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, PT

Período de desenvolvimento

2021-2023

Fonte de financiamento

ERASMUS +
Projecto número 2020-1-DE02-KA226-VET-008295

Produtos