Área e Grupo de Investigação e Ensino

Políticas de Educação e Formação / Política e Administração Educacional

Áreas de interesse

Regulação e políticas públicas de educação. Políticas públicas de ciência e investigação educacional. Redes políticas e análise de redes sociais.

Projetos de investigação

Seleção de publicações

Carvalho, L. M., Viseu, S., & Gonçalves, C. (2019). Bridging worlds and spreading light: Intermediary actors and the translation of knowledge for policy in Portugal. In D. Pettersson & C. Mølstad(Eds.), Numbers and Knowledge in Education: New Practices of Comparison, Quantification and Expertise. Routledge.

Viseu, S., & Carvalho, L. M. (2018). Think tanks, policy networks and education governance: the rising of new intra-national spaces of policy in Portugal. Education Policy Analysis Archives, 26(108). doi:10.14507/epaa.26.3664

Viseu, S. & Carvalho, L. M. (2018). Changes in school governance and the reshaping of head teachers’ roles and identities in Portugal. Luis Miguel Carvalho, Liu Min, Romuald Normand, Dalila Andrade Oliveira (ed). Education policies and the restructuring of the educational profession. Global and comparative perspectives. Singapore: Springer Verlag, pp. 57-70.

Antunes, F., & Viseu, S. (2017). A cobertura mediática (midiática) do debate público. Governação e privatização da educação em Portugal. Revista Retratos da Escola, 21(11), 501-523. doi:10.22420/rde.v11i21.789

Viseu, S. (2017). Gerencialismo, escola pública e desigualdades em educação: Reflexões de académica e dilemas de mãe. L. Lima & V. Sá (Org.), O Governo das Escolas: Democracia, controlo e performatividade  (pp. 135-150). Departamento de Ciências Sociais da Educação, Instituto da Educação da Universidade do Minho: Edições Humus.

Viseu, S, (2017). How do educational researchers organize their work? a social network analysis on co-authorship relations. SAGE Research Methods Cases. doi:10.4135/9781473998520

Viseu, S. (2016). Play the game or get played? Researchers’ strategies around R&D policies. In K. Trimmer (Ed.), Political Pressures on Educational and Social Research- International perspectives (pp. 55-65). New York: Routledge.

Viseu, S. (2015). Redes de investigadores que transportam representações e dilemas sobre o trabalho científico. Redes. Revista Hispana para el Análisis de Redes Sociales, 26(1), 203-219. doi:10.5565/rev/redes.547

Viseu, S. (2014). Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., 22(85), 899-916. doi:10.1590/S0104-40362014000400003.

Viseu, S. (2014). Modos de regulação institucional da investigação educacional: o caso do instituto de inovação educacional. Educação & Sociedade, 35(127), 491-508. doi:10.1590/S0101-73302014000200009.