Coordenação Científica

Professora Doutora Maria João Mogarro
Professora Doutora Ana Sofia Pinho

Apresentação e objetivos do curso

O curso de doutoramento pretende responder às aspirações de um significativo número de pessoas que deseja aprofundar os seus conhecimentos científicos na área da formação de professores, educadores e formadores com foco no ensino de línguas (materna, não materna e estrangeiras) e da educação em línguas em geral, em contextos formais e não formais, bem como desenvolver competências de investigação com vista à realização de um projeto de doutoramento.

O curso pretende aprofundar conhecimentos e desenvolver competências que permitam a realização de projetos de investigação sobre problemáticas diversas, nomeadamente:

  • Relações entre política linguística educativa internacional e nacional, desafios curriculares e didáticos ao ensino de línguas e (políticas de) formação de professores de línguas.
  • Relação entre contextos multilingues e multiculturais e formação inicial e contínua de professores e educadores para a diversidade linguística e cultural.
  • Relação entre a formação de professores e as conceções (mutáveis) de profissionalização, de profissionalidade e de profissionalismo docentes em articulação com o campo epistemológico do Ensino de Línguas.
  • Análise de projetos e de práticas de formação inicial e contínua de educadores e de professores dos diferentes níveis de ensino, e dos seus efeitos.
  • Análise de pressupostos e referenciais conceptuais e de dispositivos de formação pedagógico-didática de formadores e professores na área da educação em línguas.
  • Relação entre desenvolvimento pessoal e profissional, necessidades de formação e mudanças educativas.
  • Relação entre parcerias interinstitucionais, educação em línguas e formação de professores e educadores.

Este ciclo de estudos é reconhecido, nas suas diferentes áreas de especialização, para efeitos de contagem de tempo para progressão na carreira docente (nos termos Portaria n.º 344/2008, de 30 de abril). A presente informação não dispensa a leitura da legislação em vigor e sugere-se a consulta da página da DGAE.

Destinatários

  • Educadores da educação pré-escolar, professores generalistas do 1.º CEB, professores de línguas de diferentes níveis de ensino (do Básico ao Superior).
  • Detentores do Grau de Mestre em Educação, Ciências da Educação ou Ensino.
  • Detentores de grau de Mestre em outras áreas científicas com currículo científico ou profissional relacionado com a temática do curso, interessados em desenvolver os seus conhecimentos científicos e competências nas áreas da formação de professores, educadores e de formadores em ensino de línguas.
  • A título excecional, podem ainda candidatar-se os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido pelo Instituto de Educação como atestando capacidade para a realização do doutoramento.

Em todos os casos, é exigido que a proposta de problemática a investigar durante o programa de doutoramento se insira no tema do curso de formação avançada.
A frequência do programa de doutoramento pressupõe o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira (francês ou inglês), ao nível da compreensão oral e da escrita.

A principal modalidade de ingresso no doutoramento é através de candidatura a um concurso aberto para um Programa de Doutoramento por ramo e especialidade com indicação do número de vagas. A abertura deste concurso será publicitada através de Edital e obedecerá a normas e formulários próprios.

Nas áreas de doutoramento em que não houver concurso os candidatos devem dirigir um requerimento ao Conselho Científico do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa formalizando a sua candidatura. Apenas em casos excecionais, devidamente justificados poderá haver ingresso através de candidatura individual ao doutoramento numa área de especialidade em anos em que se realizou um concurso aberto.

Candidaturas

Datas e condições de acesso