Investigar e intervir em Educação e Formação

Apresentação

Esta licenciatura qualifica para a intervenção profissional nos domínios da educação e da formação, através de uma formação ampla e versátil, adequada à intervenção em contextos de ação variados e em mudança: no sistema educativo, bem como nas organizações de âmbito cultural, social, assistencial, económico, de justiça e saúde.

A licenciatura combina a aquisição de sólidos conhecimentos com o desenvolvimento de competências transversais, preparando os estudantes para a entrada no mundo do trabalho. Ao longo do curso, os estudantes observam, analisam e intervêm em situações educativas onde poderão exercer a sua atividade profissional, preparando-os para atuar com os mais diversos públicos – crianças, jovens, adultos e idosos – e em interação com outros profissionais.

Esta licenciatura está também disponível para alunos internacionais.

Formação Exclusiva

Única licenciatura em Educação e Formação
na Área Metropolitana de Lisboa
na maior Universidade Portuguesa pública

Empregabilidade

Superior à média nacional
Taxa de 83%

Internacionalização

23% alunos estrangeiros

Ingressos

Mais de 50% ingressam
como 1º opção

Internacionalização

23% alunos estrangeiros

Empregabilidade

Superior à média nacional
(taxa de desemprego 10,6%)

Objetivos:

  • Adquirir conhecimentos na área da educação e da formação que permitam compreender os contextos e os fenómenos educativos;
  • Aplicar conhecimentos na área da educação e da formação, em contextos de trabalho;
  • Diagnosticar problemas, necessidades, recursos e oportunidades de intervenção educativa em grupos, organizações e comunidades, com base em processos investigativos e numa reflexão crítica e criativa;
  • Participar e colaborar com outros profissionais na conceção, desenvolvimento e avaliação de projetos, programas, dispositivos, atividades e recursos de educação e formação, em contextos institucionais, organizações, estruturas e serviços com valências de educação formal e não formal;
  • Participar no processo de identificação, organização e sistematização de dados empíricos, qualitativos e quantitativos, destinados à produção de estudos científicos, documentos, relatórios e pareceres no âmbito da educação e da formação;
  • Desenvolver hábitos de trabalho e competências que permitam uma aprendizagem ao longo da vida.