Mestrados em Ensino – 2.ª Fase de Candidaturas

2.ª Fase de Candidaturas - Resultados da prova português

Resultados da Prova de Português

Para conhecer a classificação obtida na Prova de Português deve recordar o seu número de candidatura que pode encontrar no portal de candidaturas Fénix.

2.ª Fase de Candidaturas - Marcação de entrevistas

Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia

Decorrerão na próxima segunda feira dia 13 de Setembro, com início às 17H00, por videoconferência com o link:

https://videoconf-colibri.zoom.us/j/86919848720?pwd=NEQ4SDNDNVdwU053ckhEWkhSSk5UUT09

ID da reunião: 869 1984 8720
Senha de acesso: 050378
Dispositivo móvel de um toque
+351308804188,,86919848720# Portugal
+351308810988,,86919848720# Portugal

Os candidatos devem aceder à sessão à hora marcada e aguardar na sala de espera a sua integração na sala de entrevista.

 

Mestrado em Ensino de Física e Química

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/87447938304?pwd=OFIyMDZieEsvYnMwK0V4RXpXZ0htdz09

ID da reunião: 874 4793 8304

Senha de acesso: 812916

Mestrados em Ensino – 1.ª Fase de Candidaturas

1.ª Fase de Candidaturas - Marcação de entrevistas

Mestrado em Ensino de Artes Visuais

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/89629767846?pwd=cklRVmw0NDlBRGRGdU8xRUVDM3Ztdz09

 

Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84397159911?pwd=TVp4cVE4Yy9NcXExYWRHa1lnaFU1dz09

Senha de acesso: 407078

 

Mestrado em Ensino de Física e Química

 

Acesso zoom:  https://videoconf-colibri.zoom.us/j/88345713281?pwd=eGwyMG5jWDM1Zk9tRjlyWlFCdEdvUT09

Senha de acesso: 483936

 

Mestrado em Ensino de Geografia

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/85286908962?pwd=MTgySllFVkN3OWhmOXJIdGxOY2FoUT09

 

Mestrado em Ensino de História

 

Acesso zoom: https://us02web.zoom.us/j/6977176327?pwd=SG50YUhTODBZT0IvR3NZYXdQaG95QT09

 

Mestrado em Ensino de Informática

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84114486311

 

Mestrado em Ensino de Matemática

 

Acesso zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/85328909158

1.ª Fase de Candidaturas – Resultados Provisórios

Para conhecer a classificação obtida na Prova de Português deve recordar o seu número de candidatura que pode encontrar no portal de candidaturas Fénix.

1.ª Fase de Candidaturas - Resultados da prova português

Mestrados em Ensino – 2.ª Fase de Candidaturas

Candidaturas de 2 a 23 de agosto de 2021

Oferta formativa e n.º de vagas

Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia – 6 vagas

Mestrado em Ensino de Física e Química – 2 vagas

Não existem vagas sobrantes para os restantes cursos.

Edital

Requisitos de admissão

Informação extraída do Edital

2.1. São admitidos como candidatos à inscrição, nos termos do disposto no decreto-lei n.º 79/2014, de 14 de maio, cujo anexo foi alterado pelo art. 7.º do decreto-lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que satisfaçam cumulativamente as duas condições seguintes:
a) sejam titulares de um dos seguintes graus:

i. licenciado ou equivalente legal na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos;
ii. grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um estado aderente a este Processo na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos;
iii. grau académico superior estrangeiro na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pela Comissão Científica dos mestrados em Ensino;

b) tenham obtido, quer no quadro da habilitação académica a que se refere a alínea anterior, quer em outros ciclos de estudos do ensino superior, os requisitos mínimos de formação fixados para o ingresso na respetiva especialidade de acordo com a alínea b) do n.º 3 do artigo 18.2 do Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, cujo anexo foi alterado pelo art. 7.2 do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, ou seja, totalizem pelo menos 120 créditos de formação na área de docência nos cursos monodisciplinares e totalizem pelo menos 120 créditos de formação na soma das duas áreas de docência nos cursos bidisciplinares, nenhuma das áreas com menos de 50 créditos.
2.2. Podem ainda candidatar-se ao ingresso num ciclo de estudos conducente ao grau de mestre numa das especialidades referidas no Anexo ao decreto-lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art. 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que reúnam as condições a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 17.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na sua redação atual, e satisfaçam os requisitos mínimos de formação fixados para o ingresso na respetiva especialidade constantes do mesmo anexo.
2.3. Podem igualmente candidatar-se ao ingresso num ciclo de estudos conducente ao grau de mestre numa das especialidades referidas no Anexo ao Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art. 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que apenas tenham obtido 75 % dos créditos dos requisitos mínimos de formação fixados para a respetiva especialidade no mesmo anexo, ficando, neste caso, a inscrição nas unidades curriculares das componentes de didáticas específicas e de iniciação à prática profissional, incluindo a prática de ensino supervisionada e outras definidas pela Comissão Coordenadora dos Mestrados em Ensino condicionada à obtenção dos créditos em falta, de acordo com o previsto no n.º 6 do artigo 18.º do Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art.º 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014.
2.4. São aceites condicionalmente os candidatos que, no momento de apresentação da sua candidatura, ainda estejam na fase final de conclusão da licenciatura, devendo realizar a prova escrita de português a que se refere o ponto 4.1.1. e apresentar a certidão de licenciatura ou de grau académico equivalente até 31 de agosto do ano em curso.

Prova de português

  • 3 de setembro de 2021
  • 15h00 | a distância

A prova escrita de Português será realizada a distância, no dia 3 de setembro de 2021, pelas 15h00.

Na semana de realização da prova os candidatos receberão informações detalhadas sobre o acesso à prova que estará disponível na plataforma de e-learning da Universidade de Lisboa.

Para a realização da prova é necessário garantir acesso à internet e computador com câmara e sistema de som com microfone.

Em casos excecionais e devidamente justificados, os candidatos podem realizar a prova no Instituto de Educação, através da plataforma de e-learning. Para o efeito devem contactar os serviços académicos até ao dia 27 de agosto (mestradosensino@ie.ulisboa.pt).

Candidaturas de 6 de maio a 20 de junho de 2021

2.ª Fase de Candidaturas – Mestrados em Ensino

Candidaturas encerradas

Oferta formativa e n.º de vagas

Mestrado em Ensino de Economia e de Contabilidade – Não abre vagas em 2021-2022
Mestrado em Ensino de Filosofia – Não abre vagas em 2021-2022
Mestrado em Ensino de Inglês e de Língua Estrangeira – Não abre vagas em 2021-2022
Mestrado em Ensino de Inglês no 1º Ciclo do Ensino Básico – Não abre vagas em 2021-2022
Mestrado em Ensino de Português e de Língua Estrangeira – Não abre vagas em 2021-2022
Mestrado em Ensino de Português no 3º. Ciclo do Ensino Básico e no Secundário e de Latim no Ensino Secundário – Não abre vagas em 2021-2022

Requisitos de admissão (extraído do edital)

Informação extraída do edital

2.1. São admitidos como candidatos à inscrição, nos termos do disposto no decreto-lei n.º 79/2014, de 14 de maio, cujo anexo foi alterado pelo art. 7.º do decreto-lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que satisfaçam cumulativamente as duas condições seguintes:

a) sejam titulares de um dos seguintes graus:
i. licenciado ou equivalente legal na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos;
ii. grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um estado aderente a este Processo na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos;
iii. grau académico superior estrangeiro na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pela Comissão Científica dos mestrados em Ensino;
b) tenham obtido, quer no quadro da habilitação académica a que se refere a alínea anterior, quer em outros ciclos de estudos do ensino superior, os requisitos mínimos de formação fixados para o ingresso na respetiva especialidade de acordo com a alínea b) do n.º 3 do artigo 18.2 do Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, cujo anexo foi alterado pelo art. 7.2 do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014.

2.2. Podem ainda candidatar-se ao ingresso num ciclo de estudos conducente ao grau de mestre numa das especialidades referidas no Anexo ao decreto-lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art. 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que reúnam as condições a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 17.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na sua redação atual, e satisfaçam os requisitos mínimos de formação fixados para o ingresso na respetiva especialidade constantes do mesmo anexo.

2.3. Podem igualmente candidatar-se ao ingresso num ciclo de estudos conducente ao grau de mestre numa das especialidades referidas no Anexo ao Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art. 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014, aqueles que apenas tenham obtido 75 % dos créditos dos requisitos mínimos de formação fixados para a respetiva especialidade no mesmo anexo, ficando, neste caso, a inscrição nas unidades curriculares das componentes de didáticas específicas e de iniciação à prática profissional, incluindo a prática de ensino supervisionada e outras definidas pela Comissão Coordenadora dos Mestrados em Ensino condicionada à obtenção dos créditos em falta, de acordo com o previsto no n.º 6 do artigo 18.º do Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, alterado pelo art.º 7.º do Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro de 2014.

2.4. São aceites condicionalmente os candidatos que, no momento de apresentação da sua candidatura, ainda estejam na fase final de conclusão da licenciatura, devendo realizar a prova escrita de português a que se refere o ponto 4.1.1.

Requisitos de admissão - Mestrado em Ensino de Geografia (extraído do edital)

Informação extraída do edital

2.1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Ensino de Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário os candidatos que cumpram uma das seguintes condições:

a) ser titular de grau de licenciado ou equivalente portadores de 120 créditos em Geografia ou, de pelo menos 75% dos créditos em Geografia, ficando a conclusão do curso condicionada à obtenção dos créditos em falta para o total requerido;
b) ser titular de grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo na área identificada na alínea a).
c) ser detentor de um currículo escolar, científico e/ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelos Conselhos Científicos do IGOT e do IE.

2.2. O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do número 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ou reconhecimento ao grau de licenciado.

2.3. É ainda condição de ingresso a aprovação i) numa prova escrita de língua portuguesa, a realizar anualmente e ii) numa entrevista oral, que evidenciem o domínio da língua portuguesa e o domínio das regras essenciais da argumentação lógica e crítica (nº 1 do Artigo 17º do Decreto-Lei nº 79/2014 de 14 de maio). A aprovação nestas provas é válida para dois anos letivos consecutivos.

2.4. Podem candidatar-se condicionalmente os candidatos que, no momento de apresentação da sua candidatura, ainda estejam na fase final de conclusão da licenciatura, devendo realizar a prova escrita de português a que se refere o ponto 4.1.

Prova de português

  • 15h00 | a distância
  • 29 de junho de 2021

A prova escrita de Português será realizada a distância, no dia 29 de junho de 2021, pelas 15h00.

Oportunamente, serão divulgadas informações detalhadas sobre o acesso à prova que estará disponível na plataforma de e-learning da Universidade de Lisboa.

Para a realização da prova é necessário garantir acesso à internet e computador com câmara e sistema de som com microfone.

Matriz da Prova